5 de abril de 2008

Lançamento: Honda Accord 2008

A nova geração:
A oitava geração do Accord, a quinta importada para o Brasil, pode ser considerada a maior evolução em toda sua história. A versão EX V6, por exemplo, recebeu um motor de 278 cv de potência, o que representa um acréscimo de 38 cv em comparação com a sétima geração. E mais: vem com a avançada tecnologia VCM2 (Variable Cylinder Management), que tem a responsabilidade de identificar a necessidade de utilizar 3, 4 ou 6 cilindros do motor. Com isso, se torna mais econômico e consegue reduzir a emissão de gases poluentes. A versão LX também “cresceu” e passa a ser produzida com 156 cv (antes, tinha 150 cv).Na parte interna do veículo, um espaço amplo e confortável define muito bem as alterações. Essa nova geração passa a ter 12 cm a mais em seu comprimento. Desta forma, oferece ainda mais comodidade aos seus ocupantes. E não pára por aí. A versão EX V6, a top de linha, dispõe de um sistema de áudio premium, com espaço para seis CDs, MP3 e subwoofer, que acentua os sons graves.

Modelo ainda mais potênte:
A motorização do novo Honda Accord demonstra o tamanho de sua evolução. O EX V6 passa a ser equipado com motor 3,5l, i-VTEC 24V (SOHC), de comando simples no cabeçote (SOHC). Alcança uma potência de 278 cv a 6.200 rpm e 34,6 kgfm de torque a 5.000 rpm. Isso significa que essa nova geração tem 38 cv a mais do que o aplicado no modelo anterior, de motor 3.0l. Com isso, torna-se um dos veículos mais potentes de sua categoria. Outra novidade que traz conforto durante a condução do modelo é o sistema de coxim ativo que melhora a sensação de vibração (ruído) do motor.

A versão LX também evoluiu:
O motor 4 cilindros, 2.0l i-VTEC, 16V, SOHC ganhou 6 cv. Agora são 156 cv a 6.300 rpm e 19,3 kgfm de torque a 4.300 rpm. O sistema inteligente de controle de válvulas desenvolvido pela Honda, o i-VTEC, contribui para o ajuste contínuo do acionamento do eixo de comando das válvulas de admissão.





Nenhum comentário: