26 de setembro de 2014

Avaliação - Mahindra Pik-Up 4X2 Cabine Simples 2014

 
Valente para enfrentar grandes obstáculos e confortável para dirigir. Estes foram alguns dos aspectos que notei ao retirar a Mahindra Pik-Up 4X2 Cabine Simples na concessionária da marca em São Paulo-SP. Os veículos da Mahindra são montados pela Bramont, em Manaus, desde 2007, com alta tecnologia e qualidade. 
 
Seja para ser utilizada no trabalho ou no uso urbano, encontramos bons requisitos sobre o produto de origem Indiana. Entre eles está a posição de guiar,  bastar fazer alguns ajustes no banco e na direção para você se esquecer que está a bordo de uma picape grande.  Com boa estabilidade nas curvas, a picape conta com uma suspensão ajustada e macia, mesmo quando seu uso é fora das estradas, nos terrenos mais acidentados.
 
Equipada com motor Diesel 2.2 16V Turbo que desenvolve 120 HP,  ela mostrou ser eficiente, além do motor ter um baixo ruído e bom acerto de torque. O câmbio manual de 5 marchas possui engates precisos graças ao acionamento hidráulico do pedal de embreagem. A média de consumo ficou próximo a 13 km/litro entre cidade/estrada. Com relação a capacidade de carga ela pode levar até 1.500 kg e o cliente tem a opção de instalar a carroceria de baú ou utilizar a caçamba de madeira, como estava no modelo em que avaliamos. 
 
De fábrica ela vem equipada com vidros elétricos, rádio com entrada USB, ar-condicionado, direção hidráulica e alarme. No requisito de segurança a picape já se enquadra na nova Legislação de Segurança de Trânsito do Brasil, saindo de fábrica com air-bag duplo e ABS. Outro ponto interessante é o preço. Custando cerca de R$ 65.000 mil é possível comprar a versão cabine simples sem a caçamba. Quem optar pela cabine dupla o valor é por volta de R$ 81.500. A Mahindra oferece garantia de 3 anos ou 100.000 kms para seus veículos.
 
A empresa indiana, que hoje atinge USD 16,7 bilhões em vendas, está presente também em diversos setores, além do automotivo, como o da tecnologia da informação, infra-estrutura, comércio e equipamentos agrícolas que no Brasil também atua fortemente no segmento de tratores, junto a Bramont.
 
Texto e Fotos: Fernando A. De Gennaro
Veículo cedido gentilmente pela Mahindra Brasil para a avaliação.
 
 
 









 

Nenhum comentário: