6 de julho de 2011

Parte 5 - Visita ao Stúdio Pininfarina na Itália


Entranda principal do Stúdio Pininfarina - Cambiano, Itália


Durante o tour do blog De Gennaro Motors pela Europa no mês de Maio, recebemos um convite para conhecer as instalações da Carrozzeria Pininfarina em Cambiano, cidade localizada a poucos quilômetros de Turim, Itália. Através do meu amigo, Filipe Santoro, um brasileiro que estuda Engenharia Mecânica no Politécnico di Torino, pude desfrutar desse passeio que se confunde com a própria história dos mais arrojados automóveis desenvolvidos na Itália desde a primeira metade do século XX.


Entrando no Stúdio Pininfarina - Tudo bem monitorado, pois diversos projetos estão em desenvolvimento diário. Na parte interna do estabelecimento, máquina digital, filmadora e celular são proibidos entrar.

Sobre o Stúdio Pininfarina:

Se no mundo dos automóveis existissem escolas de vanguardas, o Estúdio Pininfarina sem sombra de dúvidas estaria à frente de várias delas. Há 80 anos, o sonho de criar a sua própria carrozzeria, levou o jovem Battista Farina a largar o emprego na oficina de seu irmão para fundar no centro de Turim a Carrozzeria Pinin Farina. Por ter uma estatura baixa, Battista recebeu o apelido de ‘Pinin’, pequeno no dialeto piemontês, e mais tarde por um decreto do então presidente italiano Giovanni Gronchi, pode associá-lo oficialmente ao seu sobrenome, tornando-se então o nome de sua marca.


Pininfarina - Um sonho poder visitar a empresa



No início a Pininfaria produzia cerca de 42 exemplares exclusivos encomendados por poderosos magnatas, príncipes, excêntricos e artistas, que desejavam belos modelos montados sobre a plataforma de consagrados modelos a venda, grande parte deles com chassi e motor Lancia, que tinham a carroceria retirada e trocada por outra feita pelo estúdio. Nesta época, início da década de 1930, o estúdio já possuía 90 funcionários chegando a 500 no final desta década.


O mais novo lançamento do Stúdio Pininfarina também está exposto no museu - Ferrari FF 2012


Durante a segunda guerra mundial ao invés dos belos exemplares saíram da linha de montagem ambulâncias, viaturas e até esqui anatômicos para os soldados italianos se locomoverem na neve. Mas foi a partir dos anos 1950 que o estúdio fez uma verdadeira revolução no conceito de automóvel mundial. Sobretudo com o contrato fechado em 1951 com a Ferrari, para desenvolver seus novos modelos.



Alguns dos principais projetos criados por Pininfarina estão expostos nesta sala


Foi no estúdio que nasceram alguns dos mais belos automóveis italianos de todos os tempos, como o Lancia Aprillia de 1937, que rendeu o prêmio de elegância e estilo ao estúdio, e o belíssimo Aurélia B20 e o Cisitália Berlineta, um dos primeiros automóveis do mundo com colunas B e C e teto integrado à carroceria. Outros destaques da Pininfarina são: Cadillac Allanté na década de 1980, Alfa Romeo 164 e Ferrari F40 em 1987, Peugeot 305 coupé e cabriolet e o 406 Coupé na década de 1990, Bentley Azure e a fantástica Ferrari F50 em 1995 e o Ford Focus MK2 lançado em 2006 na Europa e atualmente vendido no mercado brasileiro.



Ferrari 458 Itália e Maserati Gran Turismo - Design by Pininfarina



Algumas dessas belas peças estão presentes no museu mantido na sede da empresa em Cambiano, na Itália. Que dividem o espaço com as mais novas criações da Pininfarina, dentre elas a novíssima Ferrari FF, modelo Shotting-Brake que a marca italiana revelou no último Salão Internacional do Automóvel de Genebra, na Suíça, em Março desse ano, bem como a 458 Itália, o novo representante com motor V8 da casa de Maranello. Mas nem só de carros vive o estúdio.

A Pininfarina hoje é bem mais que um estúdio, é praticamente uma usina de produção, que desenvolve design desde acessórios de moda, como carteira, bolsas e relógios, até iates e vagões do trem ETR 500, o expresso italiano. E como desde o início a empresa criava automóveis fora de série, hoje criações como a exclusiva Ferrari P4/5 e o novo Lancia Stratos, revelam um leque de projetos que são produzidos quase que a cada momento pelo estúdio italiano.



Pininfarina Concept Sintesi - Com linhas atraentes e inovadoras, o conceito foi apresentado em 2008 no Salão do Automóvel de Genebra


Protótipo de pesquisa construído por Pininfarina com objetivo de desenvolver um conteúdo de segurança para os carros de F1 em 1969


Ferrari 512 S Modulo - Conceito projetado em 1970


Ferrari Berlinetta 1973 - Motor V12 Boxer


A Ferrari P6 foi um protótipo construído para dar base ao projeto da Ferrari 365 BB exibido em 1971 pela primeira vez ao público


Fiat 124 Sport 1966


Lancia Florida II 1955


O Cisitália 202 foi o primeiro projeto de sucesso de Pininfarina


Nash Healey Spider 1953


Lancia Aurelia 1953





Um comentário:

Anônimo disse...

Belíssimas reportagens e estamos acompanahndo direto.Não só os carros mas as ambientações estão à altura da Pinin Farina. Parabéns pela exclusivdade da matéria.PAULO TREVISAN