9 de dezembro de 2008

Novo Motor

Depois de uma dezena de anos de motores aspirados em alto regime, parece próprio chegado o momento de uma mudança de rota para a divisão BMW Motorsport: injeção direta e turbocompressores que logo farão parte do M de Munique.
s
O problema principal é a redução das emissões nocivas, certo, mas é preciso considerar também um outro aspecto. O V8 e V10 que atualmente equipam M3, M5 e M6 são unidades definitivamente custosas de produzir e este segundo problema poderia ser resolvido utilizando propulsores com maior difusão adaptando aos modelos mais esportivos das respectivas gamas.
s
O primeiro exemplo desta nova política será o próximo, comentado X6 M, o qual montará uma versão particularmente potente de 4.4 V8 biturbo, acreditado de 500 CV e 700 Nm. O segundo emprego deste propulsor será na próxima geração do M5, que deverá chegar em 2010.
s
Um abraço, Equipe De Gennaro Motors.
d

Nenhum comentário: